Cruzeiro retorna à Liga Sul-Minas-Rio

O presidente Gilvan de Pinho Tavares havia decidido tirar o Cruzeiro da Sul-Minas-Rio, pronunciando seu desacordo com a inclusão de Petraglia na cúpula da Primeira Liga. O motivo seria o fato de que, para ele, apenas presidentes em exercício deveriam estar à frente da Liga, já que o dirigente estaria de saída do Atlético-PR.

Após uma reunião feita nesta quinta-feira em um hotel na Barra da Tijuca, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, anunciou o retorno da Raposa a Liga Sul-Minas-Rio e também a permanência de Gilvan no comando da associação de clubes. Eduardo chegou a usar o termo “fumaça branca” ao deixar o hotel, fazendo alusão ao que acontece na escolha de um novo Papa.

O presidente do Cruzeiro esteve presente na reunião e entrou em acordo com os demais presidentes pelo telefone. A diretoria também informou que Gilvan não se pronunciará sobre o retorno a competição em público. A equipe estará na Primeira Liga que ocorrerá em 2016, conforme o calendário previsto.

As equipes que disputarão o torneio da Liga Sul-Minas-Rio no ano que vem são: Grêmio, Internacional, Atlético-PR, Coritiba, Avaí, Figueirense, Criciúma, Cruzeiro, Atlético-MG, América-MG, Fluminense e Flamengo. O torneio começa em 27 de janeiro com três jogos: Criciúma x Cruzeiro; Atlético-MG x Flamengo e Fluminense x Atlético-PR.