Cruzeiro enfrenta o Guarani com o pensamento nos dois próximos compromissos

O Cruzeiro entra em campo nesta quinta-feira, às 19h30, no Mineirão, para enfrentar o Guarani pela quarta rodada do Mineiro, com o pensamento voltado para outros dois jogos, o grande clássico mineiro, que a Raposa defende uma invencibilidade de nove jogos e a estréia na Libertadores, no próximo dia 19 de fevereiro, contra o Estudiantes da Argentina.  

Contra o Guarani o Cruzeiro vai praticamente com o time todo reserva, somos o líder do Mineiro e para falar a verdade, nesta primeira fase não vamos ter surpresas. Classificam as oito melhores equipes, entre doze que disputam a competição. Vamos ter um pouco mais de emoção quando começar a fase de mata-mata.

Para o clássico, nos últimos jogos não tivemos surpresas, o Cruzeiro foi sempre superior e esperamos que no próximo domingo (15/02 16hs – Mineirão), não seja diferente.

Os jogadores do atual elenco são na maioria os mesmos de 2008 têm um grande diferencial em relação a outros montados em anos anteriores. Eles têm vontade de vencer, e a vontade de conquistar títulos, fica notória na fala dos jogadores, nas entrevistas e dentro de campo. Penso que isso vai ser o diferencial para uma ótima campanha na Libertadores.

Falando em Libertadores, para a estréia provavelmente, vamos ter um reforço, Verón, que está contundido e pode nem mesmo viajar para o Brasil. Sem Verón em campo não vamos poder ver o confronto tão esperado com Sorín, seu compatriota.

Voltando ao jogo contra o Guarani, esperamos não ter muitas dificuldades, mesmo jogando com o time reserva (Andrey; Jonathan, Anderson, Leonardo Silva e Gérson Magrão; Fabrício, Elicarlos, Bernardo e Wagner; Wellington Paulista e Alessandro), que por sinal é um time B, bem qualificado. Este ano podemos dizer que o Cruzeiro tem banco.

Vamos ficar na expectativa de mais uma vitória no clássico e uma boa estréia também com vitória na Libertadores.

Força Guerreiros!