Conhecendo o adversário – Palmeiras x Cruzeiro (Copa do Brasil 2015)

Cruzeiro e Palmeiras fazem um dos duelos mais tradicionais da Copa do Brasil. Nesta edição, a partida caiu justamente nas oitavas de final do torneio eliminatório. Nas últimas vezes que se enfrentaram,  cada um ficou com um título da competição. Em 1996, deu Cruzeiro. Empate por 1 a 1 no Mineirão e um 2 a 1 histórico no Palestra Itália, com gol importalizado de Marcelo Ramos.

Dois anos depois, o Palmeiras deu o troco. 1 a 0 no Mineirão, com gol de Fábio Júnior. Na volta, 2 a 0, com o gol do título marcado po Oséas, e garantiu a taça para o time paulista e  impediu a disputa por pênaltis, fato que seria inédito em uma final de Copa do Brasil.

Dezessete anos depois daquele último momento decisivo em Copa do Brasil, muita coisa mudou para os dois. Hoje, novamente o melhor técnico do Brasil reencontra os ex-comandados, que saíram vitoriosos no primeiro encontro pelo Campeonato Brasileiro há 10 dias.

Enquanto o Palmeiras se reabilitou no Brasileiro, com determinação e inteligência do treinador Marcelo Oliveira, o Cruzeiro segue com os problemas crônicos como a falta de treinos, de coerência e principalmente de um treinador de verdade.

A tendência é que Cruzeiro e Palmeiras seja um jogo com um divisor de águas para os dois times. Para o Palmeiras, é a chance da manutenção de uma sequência de bons resultados. Já para o Cruzeiro, independentemente dos resultados, é preciso repensar o comando técnico com Vanderlei Luxemburgo. Para evoluir, vencer e ter objetivos, é preciso treinar. E treino é o que menos o torcedor vê na Toca II.

Por: Matheus Tavares Rodrigues