Conhecendo o adversário – Joinville x Cruzeiro – Brasileirão 2015

Salve Guerreiros! Depois do duelo contra o Palmeiras, a esperança é que o time aos poucos se encaixe e chegue no mínimo, em uma boa posição no Campeonato Brasileiro. O adversário da 18ª rodada briga na parte de baixo da tabela. O Joinville é um dos quatro catarinenses da Série A, que mesmo lá em baixo deu trabalho em algumas rodadas. A equipe é a 18ª colocada, com três vitórias, quatro empates e dez derrotas. O JEC já trocou de técnico duas vezes no campeonato e agora estpa com o seu terceiro comandante. Dois deles tem passagens pela Toca II. Adilson Batista (comandou por 10 jogos, com 2 vitórias, 2 empates e 6 derrotas) e Paulo César Gusmão.

O Joinville pode estar na zona de rebaixamento, mas não é um time bobo. No jogo do último domingo, a equipe catarinense fez um bom jogo contra o Vasco no Maracanã. Não deixou os cariocas jogarem quando teve força e também jogou. Se apresentou ao ataque e explorou ao máximo o oportunismo de Kempes, um dos destaques da equipe. Só que, para o jogo contra o Cruzeiro, Kempes não estará a disposição. Marcelo Costa é outro que desfalca a equipe. Ambos estão fora do jogo pelo terceiro cartão amarelo.  PC Gusmão ainda tem como dúvida o volante Naldo, que sentiu o músculo posterior da coxa no empate contra o Vasco.

O último jogo entre Joinville e Cruzeiro foi há 13 anos, pela Copa Sul-Minas. No ano de 2002, o Cruzeiro jogou contra o JEC em Santa Catarina pela terceira rodada da primeira fase do torneio interestadual e venceu por 2 a 1. Os gols celestes foram anotados por Vander e Sorín.  Luiz Gustavo marcou para os donos da casa. Antes, as equipes se enfrentaram na década de 80 pelo Campeonato Brasileiro. Foram dois empates em 1986 e uma vitória em 1980. No total, são apenas quatro jogos, com duas vitórias celestes e dois empates.

Uma vitória em Santa Catarina aumenta ainda mais a confiança dos jogadores celestes, para encerrar o conturbado primeiro turno diante do Internacional, outro gigante que passa por momentos difíceis no Brasileirão. Já o Joinville tenta de todas as formas mostrar que não é aquele time que subiu para a Série A para ser o saco de pancadas dos adversários. Os catarinenses deram trabalho até quem está lá em cima, por isso é bom estar de olho no time, que amarga a lanterna do campeonato com a vitória do Coritiba sobre o Palmeiras.

Por: Matheus Tavares Rodrigues