Conhecendo o adversário – Cruzeiro x Ponte Preta – Brasileirão 2015

Cruzeiro e Ponte Preta fazem um duelo de situações completamente opostas para o que foi projetado. A situação de ambos nesse início de campeonato é muito diferente do que se imaginava. A Ponte Preta aparece com quatro pontos no campeonato. Estreou surpreeendendo com um emocionante 3 a 3 na Arena do Grêmio em Porto Alegre contra os gaúchos. Na segunda rodada venceu um São Paulo recém eliminado da Libertadores pelo próprio Cruzeiro e colocou em evidência seus principais jogadores.

Há vinte dias atrás, não se falava tanto em Renato Cajá, Fernando Bob, Rodinei. Hoje, os três são assediados por grandes times. O Cruzeiro joga com um time totalmente reserva, com apenas dois titulares na relação de atletas. Antes do campeonato, esse jogo seria considerado como a chance do Cruzeiro apenas fazer uma reserva para focar na volta das quartas de final da Libertadores. Hoje, é a chance do time celeste fazer os seus primeiros três pontos e começar a brigar pela defesa do bicampeonato nacional e preservar o time titular para selar a classificação para a Semifinal da América ante o River Plate.

A história de confrontos leva um retrospecto favorável ao Cruzeiro. São 19 jogos e 10 vitórias celestes, sendo seis como mandante e quatro como visitante. Das cinco derrotas celestes, duas foram em BH e três em Campinas. O confronto ainda teve quatro empates, três com o Cruzeiro como mandante e um como visitante.

Os maiores placares foram em 1970 (no Robertão), quando Cruzeiro aplicou 6 a 0 na Ponte jogando em terras mineiras. Já em Campinas, o time de 2003 foi o responsável pelo maior placar celeste por lá, 3 a 1. A macaca tem como melhores resultados frente à Raposa um 2×0 em casa no ano de 2002 e duas vezes o placar de 2×1, nos anos de 2005 e 2012.

Por: Matheus Tavares Rodrigues