07 mar Chega de polêmica: vamos falar de FUTEBOL


Já cansei de ler e ouvir sobre Kléber, Fred, Adílson Batista, Zezé Perrella, Eduardo Maluf e outros personagens de bastidores da semana…ainda bem que já houve uma “reunião” pra restabelecer a paz no grande favorito a vencer a Libertadores.  Agora temos dois jogos seguidos pelo Campeonato Mineiro. Será que estes jogos REALMENTE valem alguma coisa? Sinceramente, estes jogos valem sim, cada um do seu jeito.
 
Primeiro, temos pela frente o Tupi. Muita gente tem reclamado do horário do jogo, 19h10. Pra mim pouco importa se o jogo é de noite, de tarde, de manhã ou de madrugada. Se não der pra ir ao campo por causa do horário, do dinheiro ou por qualquer outro motivo, vale ver pela TV ou ouvir pelo rádio. Adílson Batista deve escalar um time misto, mas isto não será problema. O chamado “time reserva” do Cruzeiro é muito superior aos times titulares de todos os nossos adversários mineiros. Vale torcer por mais uma vitória, para manter a liderança e a invencibilidade, além de torcer pela recuperação física de Sorín.
 
Depois, uma semana sem jogo, com folga para os jogadores, e temos o jogo com o América. Vou dar minha opinião de torcedor mesmo: tenho vários amigos americanos e que eles me perdoem, MAS EU ADORO VENCER O AMÉRICA, DE PREFERÊNCIA COM GOLEADA. Respeito o clube e sua tradição, mas a crônica esportiva e os torcedores sempre se acham “os tais”, “superiores”, melhores que todo mundo, meio “mascarados” mesmo. Nada melhor do que vencer este time e, como sempre, colocar as coisas no devido lugar.
 
É COMO EU SEMPRE DIGO: O AMERICANO SECA, O ATLETICANO TORCE, O CRUZEIRENSE VENCE.
 

Avante Cruzeiro! Abraços a todos.


Deixe seu comentário, curta e compartilhe