Ariel Cabral: preciso e competente

Salve Nação!

Desde a chegada de Mano Menezes o volante Ariel Cabral vêm se tornando peça primordial no meio campo do Cruzeiro.  O alto aproveitamento em passes certos, desarmes e sua movimentação e posicionamento dentro de campo, fizeram do jogador um termômetro no meio campo celeste.

Apesar de sua chegada repleta de desconfianças, Ariel assim como todo o elenco do Cruzeiro, evoluiu bastante sob os treinamentos de Mano Menezes. Fazendo as vias de segundo volante, o Hermano contribui na marcação e sai também com qualidade para o jogo. Na maioria das vezes ocupando o lado esquerdo do campo, é de impressionar a precisão do jogador quando o assunto é passes certos. O gráfico abaixo retirado do site footstats, exemplifica tal eficácia do jogador. Nas últimas 10 partidas, Cabral deu 327 passes, sendo 282 certos, e 45 passes errados.

Nova Imagem

E quando digo que se torna um termômetro é pelo simples fato de que seu desempenho influi diretamente no aproveitamento da equipe dentro de campo. Lembro aqui a partida contra o Flamengo á qual saímos derrotados por 2×0 no Maracanã. Assim como todo o time do Cruzeiro, Ariel vinha bem apesar da derrota parcial até então. Com a sua saída no intervalo do jogo para a entrada de Marcos Vinicius perdemos o meio campo e qualidade na saída de bola, o resultado 2×0 para o Flamengo. Claro que a derrota não foi somente por sua saída, mas era nítido que o time sentia falta da função desempenhada por ele dentro de campo.

As 10 partidas de Ariel sob comando de Mano Menezes, já credenciam o volante como titular para a temporada 2016. É um volante como manda a regra do “futebol moderno”, não se prende só a marcar, tampouco ir ao ataque como um louco. Ocupa bem os espaços dentro do campo, é consciente e sua obediência tática e qualidade técnica impressionam.

Por: Simon Nascimento