Aqui tem goleiro, “Cara pálida” (Chapecoense 1 x 2 Cruzeiro – Campeonato Brasileiro 23ª rodada)

Salve, guerreiros!

Muitos amigos têm se manifestado nas redes e grupos de WP  sobre a desesperança de uma vitória sobre a Chape neste domingo, mas ela veio, e tem nome: Fábio, o “Arqueiro de Deus”, e sobrenome: Raniel. Em grande fase, mais uma vez o goleiro foi decisivo para a conquista dos 3 pontos e a manutenção do 6º lugar na classificação e da zona da pré-Libertadores. O jovem atacante vai se firmando e será fundamental na final da Copa do Brasil. A chance de uma vaga direta pelo torneio é o maior objetivo celeste, mas, para tanto, ainda temos 90′ contra o Flamengo no próximo dia 27 de setembro. Enquanto isso, ainda teremos Bahia e Atlético GO pelo nacional.

O jogo

Foi um jogo muito inconstante de ambas as equipes, alternando grandes momentos e outros momentos de futebol muito ruim. A Chapecoense começou ameaçando, mas os Cruzeiro foi equilibrando e criando chances. A Raposa, bem postada na defesa, ainda tem o seu calcanhar de Aquiles na bola aérea. Algumas exigiram intervenção do Fábio, uma delas de forma “milagrosa”, como disse o comentarista, mas, este colunista afirma que é fruto de muito trabalho na preparação de goleiros celeste.

Primeiro tempo

O time da casa começa, como era de se esperar, a buscar o gol. A Raposa limita-se a defender e a principio. Tentou soltar-se aos poucos, mas a ligação dos contra-ataques não funcionava. Os setores de frente não conversavam e Raniel estava muito isolado. As investidas do time catarinense se intensificam e Fábio segue fazendo das suas. Em uma das poucas oportunidades em que a ligação celeste funcionou, Raniel assiste Rafinha que invade a área, e chuta no contrapé de Jandrei, a bola ainda resvala no goleiro antes de morrer no fundo do gol. Último lance do primeiro tempo e 0 x 1 para a Raposa.

Segundo tempo

O Cruzeiro começa a seu estilo, cadenciando mais a partida, enquanto a Chapecoense sai em busca do empate. O contra-ataque celeste passa a ser mais efetivo e o Cruzeiro ameaça com mais contundência a defesa catarinense. Jandrei segue trabalhando, assim como Fábio do outro lado. Parece ser a noite dos goleiros, até que em um bola rebatida da defesa alviverde sobra para Raniel quase sem ângulo bater para o gol. A bola ainda resvala em Douglas Grolli antes entrar, 0 a 2 e o Cruzeiro vai devolvendo o placar sofrido no Mineirão no primeiro turno.

Aos 38′, porém, o time Condá marca, de cabeça, seu único gol com Túlio de Melo, atacante de 1,95 m. Era a crônica anunciada, pois depois de tanto salvar, era natural que uma bola Fábio não fosse capaz de defender. 1 x 2, foram os números finais da partida, mas não posso deixar de falar da entrada de Alisson, Sassá e Thiago Neves que deram fluidez ao time de Mano, até poderíamos ter ampliado o marcador nesse período do jogo, mas esbarramos na boa atuação de Jandrei e na inabilidade do árbitro de apontar algumas faltas a nosso favor. Já que toquei no assunto, a tesoura de Grolli em Alisson era para expulsão.

Guerreiro de ouro vai para Raniel, com uma assistência e um gol, foi responsável direto pelo triunfo, apesar da atuação quase perfeita de Fabio. Guerreiro de lata fica com Robinho que ainda não voltou ao melhor de seu jogo após a lesão.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 1 X 2 CRUZEIRO

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 10 de setembro de 2017, domingo
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Daniel Luis Marques (SP)

GOLS:
CRUZEIRO: Rafinha, (45′ 1T), Raniel, (17′ 2T)
CHAPECOENSE: Túlio de Melo, (38′ 2T)

Cartões amarelos: Canteros, Douglas Grolli (Chapecoense); Murilo (Cruzeiro)

CHAPECOENSE: Jandrei; Apodi, Grolli, Fabrício Bruno e Roberto (Diego Renan); Moisés Ribeiro, Canteros e Seijas (Júlio César); Arthur (Penilla), Wellington Paulista e Túlio de Melo
Técnico: Vinícius Eutrópio

CRUZEIRO: Fábio, Ezequiel, Léo, Digão, Diogo Barbosa, Henrique, Lucas Silva, Rafinha, Arrascaeta (Thiago Neves), Robinho (Alisson) e Raniel
Técnico: Mano Menezes.

Só mais uma coisa a dizer: Chega logo, dia 27/09!

Guerreiro dos Gramados. Nossa torcida, nossa força!

Por: Álvaro Jr