Apenas 4 sets perdidos dos 58 disputados (Sada Cruzeiro 3 x 0 Bento Vôlei Isabela)

Sim, meus caros, o Sada Cruzeiro chegou a marca de 54 sets vencidos dos 58 enfrentados na Superliga Masculina de Vôlei. Algo bastante expressivo. A Raposa faz uma campanha histórica na competição. E não podia ser diferente na partida de hoje. O time celeste enfrentou seu último compromisso antes de seguir para a disputa do Sul-Americano. O jogo foi em Contagem e era válido pelo sétima rodada do returno. A vítima da vez foi o time gaúcho do Bento Vôlei Isabela, que não suportou mais que os protocolares três sets de jogo.

O jogo
O primeiro set teve a equipe gaúcha abrindo o placar. O início foi bem equilibrado, mas ao decorrer da partida o time de Bento foi perdendo a confiança e deixou o Cruzeiro abrir vantagem. Não deu outra, Evandro, na diagonal, fechou o primeiro set em 25 a 18 para a Raposa. No segundo tempo, o jogo começou melhor. Rolou até bola no teto na recepção gaúcha depois de uma pedrada de Leal. O Mago também deu o ar da graça em uma jogada de segunda e que pegou os adversários desprevenidos. Assim como nas outras partidas, Cachopa e Alan entraram ao longo do jogo no lugar de William e Evandro. A Raposa abusou dos saques e chegou a abrir seis pontos de diferença. E mais uma vez o set foi fechado pelo Sada Cruzeiro em 25 a 18, mas agora,  por Rodriguinho. Já o terceiro set, Leal provou que realmente tem o melhor saque da Superliga e soltou o braço. No time do Bento Isabela, Dante e Deivid entraram na partida. Do lado azul, novamente, Alan e Cachopa. A Raposa chegou a abrir oito pontos de vantagem e Simonster fechou o set em um belo check, 25 a 17.

O dono do melhor saque da Superliga – Leal recebeu o troféu VivaVôlei.

E o troféu Viva Vôlei foi para o cubano Leal, que ainda contou com a presença da mãe nas arquibancadas. Com quatro aces no confronto, com direito a um saque com velocidade de 124km/h, Leal também foi o maior pontuador, com 14 pontos e 82% de eficiência no ataque. O prêmio é destinado, através de votação popular, via internet, ao melhor jogador em quadra. O Sada Cruzeiro iniciou a partida com Evandro, Leal, Rodriguinho, Simon, Isac e Serginho. Entraram Alan e Cachopa. Já o Bento Vôlei iniciou com Sandro, Wagner, Gabriel, Clint, Michel, Zé Ricardo e o líbero Dani. Dante e Deivid entraram ao longo do jogo.

Os números impressionam os apaixonados por voleibol. Nas estatísticas por equipe, a Raposa lidera os rankings de melhor saque, bloqueio e levantamento. E, mesmo com o frequente rodízio de atletas promovido pelo técnico Marcelo Mendez nas 18 partidas disputadas, os atletas cruzeirenses também brilham nas estatísticas individuais. Desde o início do torneio, William é o melhor levantador. Evandro e Leal têm revezado na liderança da análise de saque e, no momento, aparecem nesta ordem no topo do ranking. Além disso, Serginho é o segundo melhor defensor, com apenas alguns décimos a menos que o primeiro colocado.

Além de toda hegemonia celeste, as superações também acontecem. Mais uma vez Rodriguinho teve que ocupar a vaga de Filipe – e não sejamos injustos, com maestria. O jogador de 20 anos permaneceu assumindo a posição do ponteiro, que se recupera de lesão. De acordo com Rafael Silveira, durante a transmissão ao vivo do jogo pela rádio GDG, Filipe sofreu uma microlesão no tornozelo direito. “Conversei com o Dr. Sérgio e a previsão para o retorno do jogador era de 60 dias, mas Filipe está se superando e provavelmente estará pronto para disputar a Sul-Americana” afirmou.

Sul-Americano
E a torcida se despediu da Raposa. O elenco celeste alcançou o 18º triunfo seguido pelo Brasileiro, no qual já soma 53 pontos e lidera com vantagem de dez sobre o segundo colocado, Sesi-SP. Agora a equipe celeste se prepara para embarcar (amanhã) para o norte de Minas, onde disputará o campeonato Sul-Americano, na próxima quarta-feira (22/02), contra o anfitrião da competição, às 20h, no ginásio Tancredo Neves em Montes Claros – MG. A competição continental acontece entre os dias 21 e 25 de fevereiro e o Sada Cruzeiro buscará o seu tetracampeonato.

TABELA – SUPERLIGA 2016/17

POS.
TIME
PONTOS
JOGOS
Sada Cruzeiro Vôlei
53
18
SESI-SP
43
18
Funvic Taubaté
42
18
Vôlei Brasil Kirin
40
18
Montes Claros Vôlei
32
18
JF Vôlei
27
18
Minas Tênis Clube
23
18
Lebes Gedore Canoas
20
18
Bento Vôlei Isabela
15
18
10º
Copel Telecom Maringá Vôlei
12
18
11º
São Bernando Vôlei
12
18
12º
Caramuru Vôlei/Castro
5
18

 

Classificado para as quartas
Rebaixados para a série B

 

Por Aline Reis

Fotos: Renato Araújo – Sada Cruzeiro/Divulgação