27 jan Análise das equipes do Grupo A da Primeira Liga


Salve, nação celeste! Você que acompanha o Guerreiro dos Gramados já sabe. Tem torneio que envolve o Cruzeiro, tem análise dos rivais cinco estrelas na competição.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A Raposa está no Grupo A da Primeira Liga ao lado de Atlético-PR, Criciúma e Fluminense. O modelo de disputa da competição é de tiro curto, apenas com confrontos de ida entre as equipes de cada chave e somente o primeiro colocado de cada grupo, além do melhor segundo colocado, disputarão a fase semifinal.

No Grupo A, Cruzeiro e Fluminense terão o privilégio de realizar duas partidas em casa e Atlético-PR e Criciúma terão que realizar dois confrontos longe de seus domínios. A tabela está organizada da seguinte forma.

1ª rodada

Criciúma X Cruzeiro – 27/01/2016 – 19:30
Fluminense X Atlético-PR 27/01/2016 – 19:30

2ª rodada

Cruzeiro X Fluminense – 17/02/2016 – 19:30
Atlético-PR X Criciúma – 18/02/2016 – 21:00

3ª rodada

Cruzeiro X Atlético-PR – 10/03/2016 – 21:30
Fluminense X Criciúma – 10/03/2016 – 21:30

Além destas equipes, a Primeira Liga conta com Avaí, Coritiba, Grêmio e Internacional (Grupo B), América-MG, Atlético-MG, Figueirense e Flamengo (Grupo C). Neste momento, porém, só os adversários do Grupo A estão no radar do Cruzeiro. Vamos analisar esta chave então.

Cruzeiro

História na Sul-Minas: Campeão em 2001 e 2002. Vice-campeão em 2000.

Divisão Nacional: Série A

Competições paralelas: Campeonato Mineiro e Copa do Brasil. Enfrenta o Campinense (PB) na primeira fase do torneio nacional.

Destaque: Willian

Palpite: Briga pela classificação.

Análise: Principal campeão da antiga Sul-Minas, o Cruzeiro terá a missão de manter a sua hegemonia na competição regional que agora inclui, pela primeira vez, dois clubes do Rio de Janeiro (Flamengo e Fluminense).

Com a manutenção da base que fez um excelente segundo turno no Brasileirão 2015, o principal desafio celeste será assimilar rapidamente as ideias de Deivid que fará o seu primeiro trabalho como treinador. Além, é claro, de estrear com o pé direito contra o Criciúma na casa do adversário.

Atlético-PR

História na Sul-Minas: Vice-campeão em 2002. Semifinalista em 2000. Eliminado na 1ª fase em 2001.

Divisão Nacional: Série A

Competições paralelas: Campeonato Paranaense e Copa do Brasil. Enfrenta o Brasil de Pelotas (RS) na primeira fase do torneio nacional.

Destaque: Walter

Palpite: Corre por fora.

Análise: Após um 2015 em que chegou a sonhar com uma vaga na Libertadores, mas terminou o Brasileirão na 10ª colocação, o Atlético-PR vê na Primeira Liga o caminho para testar os reforços que chegaram e iniciar a preparação para o Campeonato Brasileiro já no primeiro semestre com jogos em bom nível.

O atacante Walter, que está fora da estreia, segue no comando do ataque do Furacão que terá uma dupla de zaga que não deixou saudades no torcedor cruzeirense. Com Paulo André e Thiago Heleno, Cristovão Borges deverá contar com a inspiração do goleiro Weverton para um bom desempenho defensivo.

Criciúma

História na Sul-Minas: 6º colocado em 2002 (única participação)

Divisão Nacional: Série B

Competições paralelas: Campeonato Catarinense e Copa do Brasil. Enfrenta o Operário (PR) na primeira fase do torneio nacional.

Destaque: Luiz

Palpite: Zebra.

Análise: O Criciúma é o grande azarão do Grupo A da Primeira Liga. Único clube fora da Primeira Divisão na chave e com a dura missão de ter apenas um jogo em casa, nem o mais otimista torcedor do Tigre aposta todas suas fichas na classificação para a semifinal.

Após um 2015 de participação modesta no Estadual e na Série B, o Criciúma chega ao torneio sem grandes destaques individuais. O goleiro Luiz, identificado com a torcida, é a esperança para parar os ataques adversários e a equipe surpreender os seus rivais.

Fluminense

História na Sul-Minas: A equipe carioca disputava o Torneio Rio-São Paulo. Campeão em 1957 e 1960.

Divisão Nacional: Série A

Competições paralelas: Campeonato Carioca e Copa do Brasil. Enfrenta o Operário (PR) na primeira fase do torneio nacional.

Destaque: Fred

Palpite: Briga pela classificação.

Análise: Depois da saída da Unimed, a expectativa era de que o Fluminense perderia sua força. De fato, os investimentos reduziram, mas com a venda de bons jogadores jovens como Robert, Gérson e Kennedy, o Tricolor tem conseguido manter bons jogadores como Fred e Cícero, além de fazer contratações como o zagueiro Henrique.

A pior campanha no returno do Brasileirão em 2015, porém, deixa uma interrogação no desempenho da equipe. Na excursão na pré-temporada aos EUA, o empate contra o Shaktar e a derrota para o Internacional aprofundaram as dúvidas. Com material para fazer melhor, o treinador Eduardo Baptista precisará fazer bonito na Primeira Liga para não decepcionar os tricolores.


Deixe seu comentário, curta e compartilhe