Qual é o preço por perder pontos no Campeonato Brasileiro? - Cruzeiro Esporte Clube - Fotos: Juliana Flister / Vipcomm

A responsabilidade de um é maior que a de oito milhões?

A responsabilidade de um é maior que a de oito milhões? - Cruzeiro Esporte Clube - Fotos: VipComm

Na era de “divisão de responsabilidades”, por que a culpa de uma derrota é sempre de um técnico?

Se alguns torcedores nunca pensaram nisso, deveriam pensar. Se um time está em uma sequência negativa, o primeiro a ser questionado é o treinador. Mas, e o resto? Os seus comandados (jogadores) e os comandantes principais (diretoria e presidência)? Futebol é como uma pirâmide. No alto, estão os comandantes de tudo, no caso, os diretores e presidente do clube. No meio, o técnico. E por último, os seus subordinados, os jogadores. É uma hierarquia, o presidente manda, o técnico acata. Da mesma forma, o técnico manda, os jogadores acatam. Um dos principais fatores para o sucesso ou fracasso de um time em um campeonato é a comunicação. Respeitando a hierarquia, mas se não houver integração e comunicação, é muito difícil um time chegar a alguma posição confortável em um campeonato. Se um técnico faz seus pedidos de contratação para a diretoria, é por conhecer as deficiências do time e obviamente, precisa melhorar.

As “apostas” em determinados jogadores também são parte do problema, porém, por outro lado também pode ser a solução. O exemplo mais claro disso atualmente se chama Cruzeiro Esporte Clube. A chegada de Marcelo Oliveira pode não ter animado o torcedor cruzeirense no começo do campeonato, devido ao passado como jogador e início da carreira de treinador no rival. Muitos julgaram o trabalho de Oliveira sem conhecer. E hoje, muitos devem ter queimado a língua. São apenas três derrotas em toda a temporada e um time unido disposto a conquistar títulos nestes últimos meses de 2013.

Se em 2011 e 2012 o torcedor do Cruzeiro não sabia escalar o time titular. Hoje ele pode fazer isso e ainda tem grandes opções. Hoje o time do Cruzeiro não é composto por 11 titulares absolutos. De três a cinco jogadores que figuram no banco de reservas podem assumir a titularidade da equipe e manter o mesmo equilíbrio. O clube voltou a apostar em trabalhos a longo prazo. O time de hoje pode ter condições de ganhar um dos dois títulos disputados neste ano? Sim. Mas com a base mantida para 2014, terá condições de defender esses títulos, caso sejam conquistados.

Os únicos que não entenderam e não aceitaram até hoje a qualidade do time e do técnico são os corneteiros. Por mais difícil que seja aceitar aquela derrota para o Fluminense, o torcedor tem que aceitar. O jogo estava na mão e foi decidido por um detalhe. Mas muitos preferem atribuir a derrota ao Marcelo Oliveira. Foi a terceira derrota no ano e muita gente colocou como se fosse a pior coisa do mundo. Quem conhece o mínimo de futebol sabe que a derrota não foi merecida. Só peço que os cornetas criem vergonha na cara, e torçam de verdade para o Cruzeiro. Caso contrário, não merecem carregar as Cinco Estrelas no peito.

Quero deixar um último pedido. Vamos parar de falar das duas Libertadores, das quatro Copas do Brasil, dos dois Brasileiros e das Super Copa. Já passou da hora do torcedor empurrar o time para conquistar a vaga e buscar o tri da América. É o momento da torcida realmente fechar com o time para conquistar o penta da Copa do Brasil e ser tri do Brasileiro. O time está fazendo a parte dele, vamos fazer a nossa parte como torcedor. Nossa Torcida, Nossa Força!

Fique ligado!

Hoje tem Guerreiros em Debate na Rádio GDG, às 23hs, ao vivo para todo mundo no http://.radio.guerreirodosgramados.com.br, convide os amigos e participe conosco no Facebook.com/GuerreiroDosGramados ou no twitter @GDosGramados com a hashtag #RadioGDG.

Já conhece a nova linha de camisa do Guerreiro dos Gramados? Então não perca e vá em Loja.GuerreiroDosGramados.com.br e garanta a sua, está esperando o quê para ter sua camisa da RádioGDG? Tem também a camisa “Nossa Torcida, Nossa Força!”, e a “Joga por Nós”. Todas por R$39,90 com frete grátis para BH e Região Metropolitana e apenas R$1,99 para toda Minas Gerais.