21 jan A frustração que virou alívio, Cruzeiro garante permanência na Série B (Cruzeiro 2 x 1 Operário – Brasileirão Série B – 36° rodada)


Sem condições de acesso, Cruzeiro entrou em campo buscando se livrar de vez da chance de rebaixamento. Bastava um ponto para não depender de mais ninguém, a equipe de Felipão atingiu com uma vitória sofrida mas importante. O que resta para decidir agora é se o comandante fica ou não para a próxima temporada, segue em aberto e sem certezas por enquanto.

O JOGO

Com muita dificuldade para suportar a pressão adversária, a equipe celeste também sofria para criar chances de gol. A equipe do Operário buscava mais o jogo e pressionava na marcação, porém, o Cruzeiro conseguiu ser mais eficiente e mudou o rumo do jogo. Mesmo no geral tendo jogado abaixo do que pode e tendo muita dificuldade, a equipe mineira saiu com os três pontos.

PRIMEIRO TEMPO

A equipe do Operário pressionava no ataque e chegava mais vezes com perigo, porém, bastou um erro na defesa para o Cruzeiro abrir o placar e mudar a forma como o jogo caminhava. Aos 36 minutos, após o zagueiro Manoel cortar de cabeça, a bola chega para Sóbis marcar um golaço por cima do goleiro.

SEGUNDO TEMPO

Na etapa complementar o Cruzeiro voltou melhor, criando algumas chances, porém não durou muito. A equipe paranaense empatou aos 9 minutos com Ricardo Bueno em um chute de fora da área. Após isso, novamente o rumo do jogo voltava como o de início, com a equipe visitante sendo melhor e até tendo um gol anulado por falta no lance. NO entanto, sendo mais eficiente o Cruzeiro voltou a estar na frente, após grande lançamento de Manoel, Pottker aproveita e faz o gol da vitória celeste.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 2×1 OPERÁRIO-PR

Data: 20 de janeiro de 2021, quarta-feira Horário: 21h30 (de Brasília)

Competição: Campeonato Brasileiro Série B (36ª rodada)

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (PB) Auxiliares: Clovis Amaral da Silva (PE) e Thiago Gomes Magalhães (RJ)

Cartões amarelos: Machado (Cruzeiro); Alex Silva, Jean Carlo, Leandro Vilela, Pedro Ken, Reniê, Ricardo Bueno (Operário-PR)

Cartão vermelho: Diego Cardoso e Jorge Jiménez (Operário-PR)

Gols: Rafael Sóbis, 31 minutos do 1º tempo (1-0); Ricardo Bueno, aos 9 minutos do 2º tempo (1-1); William Pottker, aos 30 minutos do 2º tempo (2-1)

CRUZEIRO: Fábio; Raúl Cáceres, Ramon, Manoel, Matheus Pereira; Adriano, Filipe Machado (Cacá), Giovanni (Jadson); William Pottker, Airton e Rafael Sóbis (Welinton). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

OPERÁRIO-PR: Martín Rodríguez; Alex Silva, Reniê, Ricardo Silva, Fabiano (Diego Cardoso); Pedro Ken (Thomaz), Leandro Vilela (Schumacher), Jean Carlo, Marcelo, Rafael Oller (Maranhão); Ricardo Bueno. Técnico: Matheus Costa.


Deixe seu comentário, curta e compartilhe